29/5/2020
Presidente da Academia Paraibana de Medicina defende isolamento vertical e retomada responsável



Em artigo publicado hoje no Portal MaisPB, o médico João Medeiros Filho, presidente da Academia Paraibana de Medicina, defende a liberação paulatina das atividades e uma migração do isolamento social, que não vingou como projetado pelas autoridades, para o isolamento vertical (só grupos de risco) e distanciamento social, com medidas protetivas.

“Na Paraíba, por exemplo, cerca de 40 cidades ainda não registraram casos. Penso que se pode adotar o isolamento vertical, a exemplo de outras cidades, preservando os grupos de risco, e iniciar a liberação paulatina das atividades, de forma responsável, adotando o distanciamento social, o uso obrigatório de máscaras e EPIs para casos específicos, e a obediência às recomendações de higiene”, escreveu Medeiros.

O médico arremata: “A quarentena prolongada torna-se insuportável pelas repercussões emocionais – aumento dos índices de violência, suicídios ,etc. -, e econômicas. E enquanto não se dispõe de uma vacina, e torcemos pela sua rápida liberação, ficaremos sujeitos à imunização de rebanho”.


FONTE: Redação - heron cid


  Escreva um comentário para essa Notícia

  NOME:   CIDADE:   ESTADO:   COMENTÁRIO:
CÓDIGO: 561412        REPITA O CÓDIGO:   
Este espaço contempla os leitores do nosso site, objetivando proporcionar maior interação entre eles. Vale salientar que as opiniões expressas aqui postadas, não representam a opinião da diretoria do SINDEPOL/PB. Comentários anônimos, desconexos ou sem sentido em relação ao assunto comentado serão descartados pela administração do site.
VOLTAR