22/3/2020
Gaeco não interromperá investigações na Calvário por causa do coronavírus



A Paraíba está praticamente parada, como se resto, o País e parte do mundo. São escolas, academias, repartições públicas e setores do comércio fechados, eventos suspensos. Tudo pela necessidade de se evitar o contágio com o coronavírus. Mas, má uma notícia para aqueles que disseminaram o calvariovírus: as investigações no âmbito da Operação Calvário não vão parar.

Segundo o procurador Octávio Paulo Neto, coordenador do Gaeco, “os trabalhos seguem, e já elaboramos algumas estratégias, que incluem o teletrabalho (com os investigadores trabalhando à distância) e outras práticas que podem continuar sem a necessidade da presença física, e, com isso, todas as investigações vão continuar normalmente, ou seja, não vamos parar por conta do coronavírus”.

Segundo Octávio, as investigadores, neste momento, estão sendo aprofundadas na análise das provas obtidas durante Operação Calvário 8, deflagrada há duas semanas, e que investiga desvios milionários. Não apenas na Saúde pública, mas também na Educação e, mais recentemente, na Lotep. O procurador deixou no ar que novas fases operação poderão ocorrer a qualquer momento.

Ormetà – O Gaeco-PB, em parceria com o Gaeco-MS, cumpriu, na última terça (dia 17), mandados de busca e apreensão em João Pessoa, no âmbito de outra operação, a Ormetà.


FONTE: Redação - helder moura


  Escreva um comentário para essa Notícia

  NOME:   CIDADE:   ESTADO:   COMENTÁRIO:
CÓDIGO: 201517        REPITA O CÓDIGO:   
Este espaço contempla os leitores do nosso site, objetivando proporcionar maior interação entre eles. Vale salientar que as opiniões expressas aqui postadas, não representam a opinião da diretoria do SINDEPOL/PB. Comentários anônimos, desconexos ou sem sentido em relação ao assunto comentado serão descartados pela administração do site.
VOLTAR