10/4/2018




O homicídio que teve como vítima, o agente de investigação Jorge Leonardo de Oliveira, 59 anos, assassinado na madrugada desta segunda-feira (9) na cidade de Piancó, foi esclarecido em menos de 24h, através do trabalho investigativo da Polícia Civil da Paraíba. Durante a ação, realizada por policiais civis do sertão do Estado, três homens foram presos em flagrante, entre eles primo e sobrinho da vítima.


Segundo as investigações, o primo de Jorge, Francisco Francinaldo, teria planejado o crime, enquanto José Cláudio, sobrinho do policial, seria o executor e Francisco Pereira teria guardado a arma utilizada no homicídio. Outras armas de fogo, como espingardas, além daquela que pertencia ao agente de investigação, uma pistola .40, também foram apreendidas em poder dos três.

A prisão em flagrante do trio aconteceu ainda à noite, quando todos foram levados para a delegacia da cidade.

“Esse é mais um excelente trabalho de investigação realizado por policiais civis do Sertão. Todos estão de parabéns pelo empenho na elucidação não só desse caso, que teria sido motivado por disputa de terras, mas também de outros que têm sido desvendados, com a prisão de suspeitos naquela região”, destacou o delegado geral, João Alves de Albuquerque.


FONTE: Redação - clic pb


  Escreva um comentário para essa Notícia

  NOME:   CIDADE:   ESTADO:   COMENTÁRIO:
CÓDIGO: 481731        REPITA O CÓDIGO:   
Este espaço contempla os leitores do nosso site, objetivando proporcionar maior interação entre eles. Vale salientar que as opiniões expressas aqui postadas, não representam a opinião da diretoria do SINDEPOL/PB. Comentários anônimos, desconexos ou sem sentido em relação ao assunto comentado serão descartados pela administração do site.
VOLTAR