30/10/2017
Ricardo Coutinho defende a criação de Ministério de Segurança Pública




O governador defendeu nesta segunda-feira (30) a criação de um Ministério da Segurança Pública, na esfera federal. “Eu não vejo como o Brasil, com uma epidemia de violência, de mortes, de homicídios de assassinatos, não vejo como o brasil não ter um Ministério exclusivo para a segurança pública”, afirmou.


Em entrevista à rádio Correio FM, Ricardo Coutinho disse o Ministério “serviria para universalizar políticas públicas, para dar uma mesma base. A política e os instrumentos que essa política opera, isso tem que ser comum porque se não você vai ter um estado que vai bem na segurança pública e o vizinho pode ir mal”..

Hoje foi divulgado o 11º Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança, com índices relacionados à segurança pública em todo o país. A Paraíba se destacou por estar entre os três estados que mais reduziram a quantidade de mortes violentas intencionais.

“A Paraíba vem desde 2012, é o único estado do Brasil que desde 2012 diminui ano após ano o número de homicídios”, ressaltou o governador Ricardo Coutinho. “É uma conquista enorme, mas ao mesmo tempo eu não me sinto confortável porque o Brasil cresce”, lamentou o governador.

“Os dados que nós temos aqui tem que baixar cada vez mais”, destacou o governador lembrando que as políticas públicas precisam ser espalhadas em todos os estados do Brasil.


FONTE: Redação - wscom


  Escreva um comentário para essa Notícia

  NOME:   CIDADE:   ESTADO:   COMENTÁRIO:
CÓDIGO: 401329        REPITA O CÓDIGO:   
Este espaço contempla os leitores do nosso site, objetivando proporcionar maior interação entre eles. Vale salientar que as opiniões expressas aqui postadas, não representam a opinião da diretoria do SINDEPOL/PB. Comentários anônimos, desconexos ou sem sentido em relação ao assunto comentado serão descartados pela administração do site.
VOLTAR